Reservatório de água para condomínio

A construção de reservatório de água para condomínio deve seguir o que determina a NBR 5626, que trata da instalação predial de água fria, informando sobre capacidade do reservatório de uma edificação, que deve atender ao padrão de consumo de água por habitante do condomínio, considerando também a frequência e duração de interrupções de abastecimento por parte da companhia distribuidora de água.

O dimensionamento de um reservatório de água para condomínio deve considerar o volume de água reservado para uso doméstico necessário para pelo menos 24 horas de consumo normal, multiplicado pelo número total de usuários na edificação e ainda, dentro da capacidade de reserva, é necessário observar se no local é comum a falta de água, estabelecendo a quantidade mínima de reserva para não haver falta de abastecimento.

De acordo com a NBR 5626, o consumo médio de água por dia e por pessoa é de 120 litros. Com esse número é possível estabelecer a quantidade de água que deve ser armazenada no reservatório de água para condomínio.

Dimensionando o reservatório de água para condomínio

Podemos considerar, por exemplo, um edifício de apartamentos com 12 pavimentos, com 4 apartamentos por andar, cada apartamento com 3 quartos e com dependência de empregada. Qual seria o cálculo para o dimensionamento do reservatório de água para condomínio nesse edifício?

Considerando que cada apartamento possa ter um máximo de 7 pessoas, com 2 para cada dormitório de 1 empregada, teremos um total de 28 pessoas por andar e, como o edifício possui 12 apartamentos, teremos 336 pessoas vivendo no edifício – lembrando que esse é um número base.

Como o consumo médio de uma pessoa é de 120 litros por dia, o consumo total diário do edifício ficará em torno de 40.320 litros. Mas não podemos apenas pensar no consumo diário, e sim manter uma reserva de pelo menos dois dias e, assim, precisamos multiplicar o consumo por 2, obtendo 80.640 litros.

Dependendo da estrutura do edifício, um reservatório de 80 mil litros pode ser muito pesado, podendo prejudicar a edificação, já que é preciso considerar, além do peso da água (80 mil litros pesam 80 toneladas) e também o peso do próprio reservatório, o que vai exigir que o edifício tenha pelo menos dois reservatórios: um para o consumo, instalado no seu topo, servindo a água por gravidade, e um subterrâneo, onde a água é recebida para ser enviada para o reservatório superior.

Com essa necessidade, é precisos também dimensionar a capacidade de cada reservatório de água para condomínio, obedecendo ainda as regras estabelecidas pela ABNT. Segundo essas regras, o reservatório inferior deve possuir pelo menos 3/5 da capacidade total, devendo conter pelo menos 48.384 litros, enquanto o restante, ou seja, 2/5 da capacidade, será para o reservatório superior.

Material para a construção do reservatório de água para condomínio

De acordo com as normas de construção de reservatório de água para condomínio, estes não podem ter qualquer tipo de tubulação em seu interior, devendo-se ainda ter os cuidados com as tampas, que devem ser vedadas para não contaminar a água armazenada.

O reservatório de água para condomínio deve ser estanque, com tampas ou portas de acesso vedadas, impedindo a entrada de líquidos, insetos, poeiras ou animais, protegendo também contra a entrada de água da chuva.

O material do reservatório de água para condomínio deve ser fabricado com material resistente, que não seja passível de deterioração precoce por ação de agentes atmosféricos ou da chuva e, nos reservatórios subterrâneos, os cuidados devem ser com relação à impermeabilização e vedação, impedindo a contaminação ou vazamento.

Um reservatório de água para condomínio pode ser fabricado em poliéster reforçado com fibra de vidro, que possui alta resistência mecânica, atendendo às necessidades determinadas pela legislação, possuindo portas de acesso para limpeza e higienização do interior e eliminando as ações de raios ultravioleta, sendo totalmente estanque, dentro dos padrões estabelecidos pelas normas.

Desta maneira, o projeto deve levar em consideração diversas variáveis, que precisam ser atendidas para não haver falta de abastecimento, para que a água não seja contaminada por qualquer agente externo e para possibilitar a limpeza, que deve ser feita pelo menos de 6 em 6 meses.

Faça seu orçamento na Construprice – Plataforma de cotações de serviços para Construção Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *